sexta-feira, dezembro 01, 2006




Diz Thadeu, o poeta, quase flutuando:


"Mais da metade da poesia do Brasil é gay.
Porque não tem força suficiente no pau
para enfrentar uma buceta
de igual para igual".



Declarado no dia 4 de outubro de 2006, Bar do Torto. Reclamações e adendos aqui, nos comentários. De quebra, obtive a arrumação planetária da turma com aquiescência de Justen Santana e de Aranha:


Sol: Thadeu
Lua: Edilson
Mercúrio: Aranha de Vulcanis
Vênus: Beco
Marte: Magoo
Júpiter: Rodrigão
Urano: Marcos Prado
Saturno: Bira / Ferreira (empate técnico)
Netuno: Walmor Góes
Plutão: Sérgio Viralobos
Quíron: Ivan Justen Santana


Houve discordâncias quanto à classificação. Não sei se o Bira é tão soturno quanto Saturno. Eu pensei no Ferry Lover. Nem se o Ivan Quíron cura todo mundo - embora entenda de máculas e feridas. Mercuria quando Gralha. Pra mim ele é como il matto nei Tarochi. O Thadeu acha que o Rodrigo não é Júpiter e avacalha querendo incluir também o Foguinho. Eu acho que é Júpiter sim e meto a colher. Beco, não sendo Baco, é Vênus. Embeleza tudo que toca. Frank, Netuno, é o viajandão. Faz sonhos, cria nevoeiros (suspiros). Aranha, é bruxo-exu. Mercúrio. O gatilho mais rápido no mundo de Malrboro. Magoo é Marte disparado, concordadíssimo. Marcos, um tranco uraniano. O Viralobos é a melhor escolha - puro Plutão. Primo Edilson é de Lua. Diz Aranha que é "the dark side of".

A conversa caiu nos planetas porque comentei com Thadeu o poder solar que o puto tem em aglutinar a turma. E é vero. Far-se-á poesia em Curitiba, sem o Thadeu na área?

A Terra acabou restando para esta que vos escreve mas só porque eu tava lá com a caneta na mão. Ou porque a idéia é minha. Ou talvez porque transite próxima há eras. E depois, pensando na declaração anterior, pegava mal não incluir uma mulher na lista (tsc tsc tsc). Em todo caso, estendo meu outorgado e pretensioso "título" a nós, garotas, que estamos ao lado desses malucos há tantos anos - amigas, amantes, pôsas, ex-pôsas e àquelas de quem esqueci por causa do maldito palimpsesto.

Não, não sou mais feminista.


té té,
Monica
p.s.: aos tristóides, os planetóides e os asteróides.

3 comentários:

polacodabarreirinha disse...

Rsrsrsrsrs
Eu te amo de costas
de frente
de lado
só não te amar
é errado

Bj

Thadeu, bronzeadíssimo

Andressa disse...

concordo com Thadeu. embora ser gay seja uma tentativa. he.

Ivan disse...

Eu fiquei muito sastisfeito mesmo (pra valer: sas-tis-fei-to, que é um S a mais que satisfeito) por ser Quíron

adoro Mercuriar (o verbo e a atitude) também, por sinal:

gostaria de ver as candidatas a Hera (Juno), Afrodite (Vênus), Ártemis (Diana)...

Alguma indicada se apresenta?