sexta-feira, fevereiro 08, 2013




perguntaram-me se tenho um destino - eu disse sim é tudo pra ele sim as horas passam e meu coração não tem tempo é tudo pra ele o tempo todo porque nada me é tão tudo quanto ele pra mim sim uma flor da montanha pra ele sim o grito piXado no muro é pra ele sim um dia sem lua embaixo das cobertas idem idem sim o beijo sem saliva é pra ele sim meu mundo sim um mau dia sim um segundo dia sim a calcinha rasgada sim não é simples assim mas sempre acontece o movimento no escuro o copo quebrado os lírios do jardim a palavra o silêncio é dele sim na manhã sim os beija-folhas sim a xícara azul sim o rascunho o lápis de sobrancelha e o mês que não existe mais o batom o pássaro a janela do banheiro as grades e o gato e a carta que caiu do maço e a que não enviei sim os seios sozinhos sim o tropeço sim eu comportada como açúcar cristal a vela rosa cor de avelã o blues a blusa com fio solto pra ele arrancar a lã sim sei lá ando tão comigo que me esqueço de mim a vassoura as goiabas pra baixo do tapete sim e a caixa de fósforo cavalo vermelho

.

Zoe

3 comentários:

J. disse...

antes de ser dele serei minha. e antes de ser minha, de todos. e antes de ser de todos, de ninguém. e antes de ninguém...
bobagem. o que importa é o depois. não o antes.

seus textos estão cada vez melhores, pantera.
beijo.

Tom Lemos disse...

Maravilha.

Anônimo disse...

best regards, nice info
» » »