sábado, agosto 05, 2006


ESCRITO COM TINTA VERDE


A tinta verde cria jardins, selvas, prados,
folhagens onde gorjeiam letras,
palavras que são árvores,
frases de verdes constelações.

Deixa que minhas palavras, ó branca, desçam e te cubram
como uma chuva de folhas a um campo de neve,
como a hera à estátua,
como a tinta a esta página.

Braços, cintura, colo, seios,
fronte pura como o mar,
nuca de bosque no outono,
dentes que mordem um talo de grama.

Teu corpo se constela de signos verdes,
renovos num corpo de árvore.
Não te importe tanta miúda cicatriz luminosa:
olha o céu e sua verde tatuagem de estrelas.


Octavio Paz
Libertad bajo palabra
Tradução de Haroldo de Campos


:: Poison Ivy, ou Hera Venenosa: Uma botânica bastante promissora, a jovem Pamela Isley acabou se envolvendo sem querer na vida criminosa. Durante um roubo, foi traída e envenenada por seu companheiro. Mas o veneno - extraído de substâncias tiradas de plantas - se uniu ao seu organismo e desenvolveu imunidade a qualquer veneno. Em compensação, ela acabou enlouquecendo e deixando levar-se por uma vida criminosa como Hera Venenosa. Ao passar dos anos, criou uma ligação com as plantas e conseguiu produzir monstros a partir delas. Ultimamente age mais como aliada (por interesses dela), mas Batman sempre tem um pé atrás com a vilã.

5 comentários:

Claudia disse...

Todos foram retirados do livro Transblanco? Lindos querida, muito lindos! Bjs e bom final de semana!

Ivan disse...

Gostei tanto que vou roubar...

E até onde lembro, este não está no Transblanco, está?

Zoe de Camaris disse...

Clau, Ivan,

"Escrito com tinta verde" é do "Libertad bajo palabra".

Claudia disse...

Sorry... não li o finalzinho... ;-( Bjs

Zoe de Camaris disse...

Oi Clau,

O erro foi meu - não tinha colocado o crédito da tradução e nem o nome do livro.

besos,