terça-feira, setembro 11, 2007


receita de mulher al dente


diáfana
indelével
difinitivamente volúvel

volátil
etérea
substancialmente gasosa

fluida
solvente
anatomicamente translúcida

dúbia
insípida
misteriosamente palatável

dogma
enigma
magnificamente ideal

linda
envolvente
deliciosamente fogosa


(thadeu, beco, edilson, rodrigo, walmor)

2 comentários:

Priscila Manhães disse...

Deu vontade de roubar esse poema, Zoe. ;)

liah! ♥ disse...

AMEI O BLOG, eu to começando o meu, espero que o meu fique tão bom quanto o seu! ;*