quarta-feira, setembro 12, 2007

sobre o nome de marlene


a primeira marlene se soletrava marilyn curtis,
a segunda, perdido o filho, era feélica e mélica.
a terceira, mãe do que me apolo,
morreu

há uma torre e um jardim

acendo uma vela
em honra à amargura

marlenes e sofias
cecílias
sábias & cegas



monica

2 comentários:

)O(Gisele Putrique disse...

Ola, Monica! Tudo na paz contigo?
Não sei se irá lembrar de mim, nos conhecemos dia desses na Grande Garagem.
Adorei seu blog, muito interessante, os seus poemas e os postados aqui são ótimos. Só não consegui localizar aquele belo poema que o Marcos Prado fez para ti, o mesmo citado na festa de 15 de dezembro de 2006. Será que pode me enviar? Gostaria muito de tê-lo novamente aqui, já que acabei apagando sem querer quando o meu namorado me enviou.
Tenha um ótimo restinho de semana.
Se cuide.

Beijão!
)O(

.:´° ♡ Renata ♡ °`:. disse...

Melhor mesmo é colher flores sem dar ouvidos aos sapos. Ao menos nos resta o perfume! :)

Bela reflexão.

Um beijo

www.universoa.euredor.blogger.com.br